quarta-feira, março 30, 2005

***SILENCIO***

SILENCIO
Ecos que ressoam
Sem timbre
Nem ritmo
No "amago" de mim!...
...................................
PS: afinal, parece que la' consegui apagar o que estava mal e a FOTO, apareceu!
.......................................
Se ALGUEM se sentir lesado com sua colocacao aqui, por favor me diga, retira'-La -ei (com pena) com as minhas desculpas!
Heloisa.
_ABRACO MEUS AMIGOS_!
****************************

7 comentários:

betania disse...

HELOISA, minha AMIGA! Perdoa tu
também o meu SILÊNCIO, feito de sons que me fazem ficar muda e queda...

Gostei de passar por aqui e ver que estás a "arranjar" a casa nova.
Admiro essa tua força para ainda
teimar e empurrar a vida para a frente.

A nós deixa-nos sempre as tuas sempre amáveis palavras de carinho que são um incentivo e uma força.

Beijinhos
betania

Anónimo disse...

Silêncio.
ja o meu silêncio parte.
e adoro que me voltem as letras.

te beijo

Cris disse...

Do silêncio também nascem melodias divinas!

Lindo, este poema... pequnino mas tão intenso!

Beijinho, minha amiga!

Marco António disse...

Não só adorei o teu comentário, como gostei deste Silêncio....

(podes colocar o meu link, estás à vontade, nem precisas pedir, és sempre bem-vinda)

Friedrich disse...

Silêncio...
silêncio que eu quero ouvir o som das tuas palavras bater na concha do meu ouvido!


Gostei! beijos aristocratas


http://babushka.blogs.sapo.pt/

Heloisa B.P disse...

Muito Obrigada, Meus Amigos (mais ou menos recentes!). Estou feliz com a Vossa presenca aqui!
Perdoem meu "Silencio". Voltarei quando me sentir melhor!
Abraco Amigo!
Heloisa.
********************

Menina_marota disse...

Um Silêncio gritante.

Bonita imagem

Abraço carinhoso ;-)