quarta-feira, novembro 15, 2006

***OBRIGADA MHARIO LINCOLN***





_OBRIGADA, pela sua gentileza em divulgar meu nome e meus poemas em SEU PORTAL! _OBRIGADA, A *MENINA MAROTA* que me permitiu conhece-LO, estando ELA, tambem empenhadissima, na divulgacao dos poemas de Heloisa e suas Divagacoes em *Divagando*!...

E...OBRIGADA, ao *PAI* deste meu projecto_HENRIQUE SOUSA_, que deu corpo e forma a brochura e se EMPENHA na sua divulgacao, ate', quase, a exaustao!

_Nunca conseguirei expressar a minha GRATIDAO! fFca ,entao e apenas, um SENTIDO *MUITO OBRIGADA*

E...BEM HAJAM!

(O PORTAL DO Mhario, esta' ai' ao lado nos meus links, dado que, eu, regra geral ,nao consigo coloca'-los no corpo da postagem!)

_ABRACO *TODOS* OS QUE ME TEM MIMADO E INCENTIVADO, por diversos meios e diversas formas (da internet ao telefonema e, a presenca, em PESSOA!).

_SEJAM FELIZES! _VOSSA FELICIDADE, MOTIVA A MINHA_!

Heloisa

********

http://meninamarota.blogspot.com/

http://www.mhariolincoln.jor.br/

http://horabsurda.com/link.php

********************************

Satisfazendo um *Comentario"_Pertinente_ do Leitor deste espaco,

*Nilson Barcelli*, aqui fica este meu poema (nao consta no *Divagando*),

escrito ha' pouquissimos dias. E' este mesmo poema, que esta' declamado na VOZ de Henrique Sousa e que, *Mhario Lincoln*, gentilmente, colocou ontem no SEU PORTAL DO BRASIL!

Nilson, e meus restantes Leitores e Amigos, aqui vos deixo um dos ultimos poemas de Heloisa.

Um abraco desta VOSSA AMIGA!

**********

***O ESPANTO***
-----------------------

De espanto
Em sobressalto
De admiracao
Em estupefaccao
Eu passo pela Vida
A rasar a Morte!

............

"Morte Anunciada",
Que, parece distanciada
No TEMPO
E no ESPACO...
Mas, que me ladeia
Me acompanha
E enleia!...
Me prende e aperta,
Como que, num
Fatal Enlace!!...

..........

De espanto
Em sobressalto,
Eu passo pela Vida
A rasar a MORTE!

.........

Mas...
Ao virar da esquina
Na volta do Tempo,
O ESPANTO
Que me "Espanta"
E, causa tanta
Estupefaccao...
Se abre ao Sol,
Qual Flor Desabrochada
[DESABROCHANDO],
E, procurando o AMOR/VIDA!...
_Qual "ser", que se metamorfoseia
Em GIRASSOL:
Virado, SEMPRE, ao Lado Sol,
Fechando os olhos
Ao Espanto
E ao Pranto
E, abrindo-os,
Para olhar a
TERRA!
O CEU!
A LUA!...

.....

E...
Quando as Petalas,
Ja', de Sono cansadas,
Ao cair da Tardinha,
Se fecham na Sua "Corola"
Deixando cair o "po'"_de polen_,
Que escorre uma lagrima
Fina, lisa...
Nao, ja' de "sangue" vertida,
Mas, sim, de Agua Pura
E, ou, "Salina"...
Deslizando para a Terra:
_TERRA MAE_
E,
Se Fecunda
Como o "Po'"_de Polen_
E o HUMUS da VIDA
Em FLOR LILAS
_VIOLETA_
OU
LIRIO SILVESTRE
E... sentada fica,
"Plantada",
NO VASO DA EXISTENCIA!...
De la', entao...
Ve passar O ESPANTO
ADMIRADO,
ESTUPEFACTO,
Com a Forca
A Persistencia
A Resistencia
De "certas Plantas",
De "certas Flores",
Que, com GARRA
RAIZES
E
TERRA,
Procuram O SOL
E, se agarram a VIDA,
Logo apos, e de, e com,
ESPANTO E SOBRESSALTO...
Terem passado pela Vida
A RASAR A MORTE!!!

....................

Porem,
Fechado que e',
O Pano, do Palco
Onde encenada foi
A "Peca"
DO TEATRO DA RECREACAO;
Que, observado foi, atraves da
_LAGRIMA de SANGUE_,
Que desliza dos
Olhos em ESPANTO
*ELES*
[OS OLHOS],
Se voltam a Abrir
A REALIDADE.
E, de ESPANTO
EM SOBRESSALTO,
De admiracao
Em estupefaccao...
Se baixam a TERRA
_JA' INFECUNDA_
E se entregam ao SONO
Onde, O ESPANTO
[ se "espantou"...]
DO MEDO
Que acometeu a
PROPRIA MORTE!!!

.................................

AQUI JAZ
entao,
A ESTUPEFACCAO
QUE EM ESPANTO
E...
[Admirada da admiracao]
PASSOU PELA VIDA
A RASAR A MORTE!!!


----------------------- FIM

Heloisa B.P.

.............................................ESCRITO EM 06/11/06

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

20 comentários:

H. Sousa disse...

Óptimo! Espero que o seu valor venha ao de cima, e as suas expressivas, vivas, humanas e fortes composições passem a merecer a atenção que sempre deviam já ter tido.
Fraternamente,
Henrique

Nilson Barcelli disse...

Com tanto agradecimento você não coloca a sua poesia aqui.
Para ler alguma coisa tive que recuar vários meses... mas vale a pena o esforço, pois você escreve muito bem.
Beijos.

Heloisa B.P disse...

OBRIGADA HENRIQUE!
Fraternamente,
Heloisa
***********

Heloisa B.P disse...

*Nilson Barceli*,
Seu comentario fez-me SORRIR!
Tem alfguma razao!Mas, para ser honesta, para mim conta mais o sentimento de gratidao e a AMIZADE que o motiva do que meus pobres escritos a que atrevidamente chamo de poemas!
Contudo, visto sob um prisma de LEITOR tem o Nilson bastante razao!
Para colmatar minha "falha" adicionarei aqui o ultimo poema que escrevi e nao consta do livro, o qual, esta' no PORTAL DO *MHARIO LINCOLN* numa declamacao na *VOZ* de HENRIQUE SOUSA!
Para continuar na "ONDA DE AGRADECIMENTOS" aqui fica o MEU AGRADECIMENTO PARA SI*!!!!
SORRINDO!!!!!
Um Abraco.
Heloisa
**********

Nilson Barcelli disse...

Heloisa, o meu comentário não foi uma crítica às suas opções, que são legítimas e perceptíveis.
Foi apenas o lamento de um leitor preguiçoso e com muito pouco tempo, sem pretender influenciá-la ao ponto de colocar um poema novo no post.
De qualquer modo, acabou por constituir uma acção, ainda que involuntária, cujo resultado me possibilitou a leitura de mais um excelente poema seu. Muito seu, registe-se, pois o seus estilo é inconfundível. Diria que é identificável mesmo às escuras, só pelo tacto, tão original que é a sua escrita.
Obrigado Heloisa.
Um abraço.

Peter disse...

Heloisa, através da Menina_Marota já chegara lá.
Aquilo que solicitou à Ana ("bluegift") eu já lhe enviei, pois não tenho o seu endereço de e-mail.
Espero que ela arranje tempo nos estudos, para lhos enviar, senão contacte--me para: bric_a_brac@sapo.pt.

Ana disse...

Parabéns Heloísa.Um poema de palavras fortes a que a voz deu realce.
Um beijinho.

Betty Branco Martins disse...

Querida Heloísa

Obrigada pelas tuas palavras :)

Adorei ler os teus poemas. Muitos Parabéns tu mereces.

"Se baixam a TERRA
_JA' INFECUNDA_
E se entregam ao SONO
Onde, O ESPANTO
[ se "espantou"...]
DO MEDO
Que acometeu a
PROPRIA MORTE"!!!

Beijinhos com muito carinho
BomFsemana

Heloisa B.P disse...

Meu Caro *Nilson Barcelli*,
Muito obrigada por mais esta visita!
E, a simpatia de suas PALAVRAS deixam-me alem de feliz ate', quase "vaidosa":

"Diria que é identificável mesmo às escuras, só pelo tacto"
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>GENTIL, MUITO GENTIL!
SORINDO Lhe digo que volte sempre que deseje pois meu "sofa e um cafezinho" espera-o aqui nesta singela salinha e, e' bem vindo a TERTULIA com meus outros AMIGOS!
Um abraco.
Heloisa
**********

Heloisa B.P disse...

*PETER*,
Carissimo AMIGO*, bomve-LO por aqui outra vez!
Grata pelo endereco. Mas, nao funcionou! escrevi-Lhe ha' cerca de uma hora e estive la' no *PETER'S*, mas escrevi-Lhe para outro endereco que fui descortinar nos meus arquivos!_Aguardo a Sua resposta_!
DEIXO-Lhe um abraco!_Convite, ja' nao precisa porque, ja' e' da casa!!!!!......

Heloisa
********

Heloisa B.P disse...

*ANA* QUERIDA *ANA*,
acabei agora mesmo de ler Seu ultimo e-mail!
AGRADECO, COMOVIDA!
amanha responderei, porque agora me solicitam o computador!_Nunca mais tenho o meu no meu quarto.. esta' DIFICIL_!!!!!
_ADOREI CADA PALAVRA!
Sobre as Leituras, falaremos depois!
eu tinha um IMENSO PRAZER NISSO!!!!!
Beijinho!
Responderei amanha ao seu lindo e desejado e-mail!

Heloisa
*********

Kalinka disse...

Parabéns HELOÍSA.

Palavras fortes e sentidas num belo poema de sua autoria.
Talento você tem demais.
Continue.

Bom domingo. Beijo.

Heloisa B.P disse...

*BETTY*,
que prazer e que honra, te-LA novamente aqui na minha "salinha" de leituras e conversas!!...
MUITO OBRIGADA!
BEIJINHO!
Heloisa
*******

Heloisa B.P disse...

MUITO OBRIGADA *KALINKA*!
Acabo de ve-LA ali "sentadinha ao canto da sala"!
amanha, se Deus quise, irei tomar um cafe' na SUA!

GRATA PELA VISITA E PELAS GENTIS PALAVRAS!

Beijinho.

Heloisa
********

Peter disse...

Heloisa,este endereço é o que utilizo diariamente:

bric_a_brac@sapo.pt

e nunca houve problemas com ninguém.

Às vezes também utilizo o:

c_oliveira@netvisao.pt

Gostaria que lesse o artigo que publiquei no meu blog, intitulado:

"A ignorância"

e me desse a sua opinião que muito prezo.

Bom Domingo

Mily disse...

Querida e doce amiga Heloísa: peço licença para sentar-me no teu sofá e servir-me de um cafezinho. Preciso de alguma coisa 'quentinha' para aquecer-me o corpo, pois chove por aqui, torrencialmente. O aquecimento da alma já o adquiri ao ler os teus belos poemas (graças ao afetuoso 'reclame' do Nilson Barcelli, e que todos nós, mesmo sem o declarar, endossamos) postados aqui.

Faça-o mais vezes, amiga querida, pois necessitamos de alimentos para a alma, tão doces e agradáveis como esse que nos chega em forma da tua Poesia.

Enviei um email para ti falando sobre o prazer e a alegria que senti ao ouvir tua voz declamando Florbela (Mais Alto). Repito, foi um momento de rara beleza. Espero que o tenha recebido.

Envio-te muitos sorrisos, muitas flores, e muitos beijos, desejando que teu final de domingo seja pleno de alegria e paz.

Fica com Deus, pois Ele certamente está contigo na palma da Sua bondosa mão.

Henrique disse...

Minha muito estimada e admirada amiga. Aqui deixo a minha humilde homenagem a mais este grandioso poema da sua lavra:

Clique aqui

António disse...

Querida Heloísa!
Bonito poema, este.
Passar a vida a razar a morte...
Tudos fazemos isso!
Passamos constantes tangentes à morte, até que um dia sai uma secante.
Esperemos que demore muito tempo...ah ah ah.
O meu desejo de boa (poderei dizer razoável) saúde!

Beijinhos

maresia_mar disse...

Olá Heloisa,
gostei muito de te ler, dos teus posts, da forma como escreves. Os meus sinceros parabéns.
Bjhs

Mily disse...

Minha doce amiga: tentei deixar um comentário no teu blog Multiply, mas não obtive acesso. Por isso vim a esse cantinho teu, que tanto admiro e gosto, para deixar a mensagem que tentei deixar por lá e não consegui. Aqui está:

"Heloísa, minha querida: mando um abraço afetuoso e um beijo carinhoso para teu filho lindo, e minhas felicitações pelo aniversário, com votos de uma vida plena de paz, de saúde, de alegria, amor e muita poesia em todas as horas do dia.

Amiga, permita também que eu envie um recado para ele: não ouça sua mãe, pois ainda não é tempo de pintá-la de amarelo. Falta muito para isso! Por enquanto, vá pintando-a carinhosamente de verde, de azul, de rosa... de todas as outras cores do arco-íris, que são as cores que ela tem na alma. O amarelo fica para daqui há muitos... muitos anos mesmo, pois quem tem a alma linda como ela tem, não envelhece nunca!

Para os dois, o afeto e a consideração dessa amiga tão distante no espaço, mas tão próxima no coração."