quarta-feira, junho 28, 2006

***INTERCAMBIO***





A ROSA NEGRA QUE A DOCE *MILY* ME OFERECEU!
A ROSA (BELISSIMA E COR-DE-ROSA)QUE "ROUBEI" DO *JARDIM DA MILY*!
E... "Quando as Rosas Choram..."(Lagrimas de Aquarela Tingidas).
_Um dos primeiros trabalhos que fiz pouco tempo depois de chegar a Inglaterra_
....................................


Tentativa de colocar aqui as fotos que pretendi colocar junto a Postagem anterior.
PARA A MILY* E...TODOS OS AMIGOS QUE ME ACARINHAM E, LEEM ESTE ESPACO!
MEU ABRACO!
Heloisa.
(Vejamos o que sai!...)

30 comentários:

pintoribeiro disse...

Passei, conheci, gostei e descobri uma rosa que já postei. Boa noite, bjinho.

José António Barreiros disse...

Boa noite. Desculpe ter vindo aqui agradecer-lhe as palavras que dedicou ao que escrevo sobre a Maria Odina Braga, mas como não encontrei um email seu, aqui fica, à vista de todos: obrigado!
jab

Ana disse...

Sejam de que cor forem, estas rosas têm a cor da ternura e da amizade. Lindas.
Um beijo, Heloísa.

Ant disse...

Há que tempos que queria deixar um comentário... não perguntes, mas não conseguia.
Agradam-me as tuas palavras e as tuas saudações. Obrigado.
Um beijo

Ana Luar disse...

Heloisa lindaaaaaaa esta homenagem á querida Mily pk quem tb eu tenho uma admiração especial..... foi a 1ª pessoa a comentar o meu blog quando eu ainda tinha o aromas de mulher... e esse carinho ficou ao longo destes meses em que passamos aqui escrevendo. Quanto à tua ternura tb nos fica... pk é obvio que sabes ser amiga. É um prazer ter-te por perto.

Arthur Saraiva disse...

Heloisa, vim conhecer este teu cantinho através de um comentário postado no blog da Ana Luar, gostei muito desta tua casa, muito bonita e com escritos maravilhosos, foi bom ter vindo aqui, voltarei mais vezes. Se quiseres visita também o meu o "Apenas Palavras".
Tem um bom-dia!
Beijinhos

Heloisa B.P disse...

Grhiba2,
Obrigada pela Sua visita!
Gostei, que tivesse gostado da ROSA NEGRA* que minha Doce AMIGA MILY*, com carinho me ofereceu!
Ja' passei na *SUA CASA* e, deixei pequeno "cartao de visita"! conto em voltar se minha visita for de Seu agrado!
Abraco!
Heloisa.
***********

Heloisa B.P disse...

*Jose' Antonio Barreiros*,
muito obrigada por Sua Visita e, Suas gentis Palavras assim "EXPOSTAS EM PUBLICO"!... Nao tem o menor problema, ao contrario, e' essa a razao do 2espaco para comentarios" e,fiquei feliz que Lhe tivesse agradado a minha simples mensagem, comentando o BELISSIMO TRABALHO que esta' a fazer sobre *MARIA ONDINA*no espaco intitulado:*MARIA ONDINA BRAGA*!!!!!
_GOSTEI IMENSO E, DEIXEI ISSO EXPRESSO!
_Fique a vontade para tambem deixar aqui expressas as SUAS PALAVRAS sempre que o desejar, pois, sera,' na certa,BEM RECEBIDO!
MUITO OBRIGADA!
Heloisa.
**********

Heloisa B.P disse...

*ANA*!!!!!!!!!!!!!
AMIGA QUERIDA DO MEU PEITO (no meu pensamento e coracao (DIARIAMENTE!)!
OBRIGADA POR ME PRIVILEGIAR COM SUA TERNURA:TESOURO VALIOSO PARA MIM!
BEIJINHOS!
e, gosto de ve-La tambem neste "canto de conversas", onde Heloisa conversa com as palavras e...com os AMIGOS (e...LEITORES VISITANTES!).
BEIJINHO!
Sua, Heloisa.
*************

Heloisa B.P disse...

*ANT*,
Fico bem contente que Lhe agradem as minhas palavras_a mim, AGRADAM-ME MUITOOOOO AS *SUAS*!
Fiquei feliz em ve-Lo nesta minha humilde "casa"!
Volte quando desejar, sera' uma alegria e uma honra, SUA PRESENCA!
MUITO OBRIGADA!
UM ABRACO!
Heloisa.
************

Heloisa B.P disse...

*ANA LUAR*,
Que alegria me da' ve-LA por aqui, por estas "veredas", as vezes,tortuosa e de pedras soltas...mas, que sempre conduzem os AMIGOS AO CANTO DA MINHA LAREIRA (sempre acesa, quando esta' frio!...)!
Ontem, estive sentadinha no SOFA' DE *SUA MARAVILHOSA CASINHA*, tempo sem conta (nao me apetecia sair de la'!)!
Imagine, pois, a alegria que senti, ao "abrir hoje, a porta desta sala e...encontra'-LA a minha espera"!
_OBRIGADA!
Fico duplamente feliz, por saber que ja' conhece e,tem esse CARINHO, por Minha (NOSSA) ADORAVEL MILY*!!!
Que optimo! e, e' aquela velha 2maxima":"OS AMIGOS DE MEU AMIGO, MEUS AMIGOS SAO"!!!!
VOLTE SEMPRE QUE DESEJAR, POIS,NEM PRECISA BATER NA PORTA, E' SO' IR ENTRANDO!!!!!
BEIJINHO!
Heloisa.
************

Heloisa B.P disse...

*Artur Saraiva*,
Muito Obrigada por Sua gentil visita e amaveis Palavras!
fico contente, que tenha gostado de meu humilde espaco!
Volte sempre que desejar,sera' bem recebido!
Irei visita'-LO no mais curto espaco de tempo!
Se ler, mais que uma postagem, aqui, neste meu espaco de escrita, depressa verificara', que eu e o TEMPO temos uma relacao "ambigua", ou, pode-se dizer:"RELACAO AMOR-ODIO"!!...
Mas, como tambem sou muito teimosa,adoro "cortar as voltas" AO TEMPO!
LA' IREI!
Entretanto, fica um abraco!
Heloisa.
**********

Maria Costa disse...

Lindas rosas.

Beijinhos.

Carlos disse...

...As mãos - são para onde meu olhar é
atraído……………….Quando imagino
que Elas acariciam, apertam, agarram,
dão segurança, e por vezes infinitas
escrevem tudo aquilo que não digo......mas sinto!

Isabel-F. disse...

Adoro rosas. São as minhas flores preferidas.

...desejo-te um lindo fim-de-semana.
beijinhos

Mily disse...

Minha doce amiga Heloísa! Amiga de minh’alma! Doce anjo de asas douradas! Somente agora tive oportunidade de ler teu e-mail falando da postagem que a mim dirigiste.

Confesso que, mercê da emoção pela qual fui tomada, deixei o coração desafogar-se das lágrimas para só então tentar, simplesmente tentar (por saber da dificuldade que teria) agradecer tão carinhosa manifestação de amizade.

Eu tenho sempre por perto um anjinho que muito me ajuda na busca de palavras que possam exprimir o que me vai na alma, quando as que possuo no meu vocabulário não conseguem traduzir o que estou sentindo.

Hoje, acredita que o danadinho resolveu tirar folga? Estou aqui há um tempão sem saber como chegar ao teu coração para nele colocar todo o encantamento, toda a ternura, toda a emoção que estou sentindo ao ver o carinho que a mim dedicaste.

Enfim, amiga do meu coração, por mais que eu tentasse, ou até mesmo o ‘anjinho das palavras’ viesse em meu socorro, nunca conseguiria levar ao teu coração a ternura da qual estou inundada agora.

A tua aquarela "Quando as Rosas Choram...” mereceria que a postasses ocupando um espaço maior, pois apesar de tê-la colocado naquele espaço, deu para sentir a força que ela traz, e tudo que representa, já que foi uma de tuas primeiras criações quando aí chegou. Tenho certeza de que, aceitada a sugestão, trará a todos nós, teus amigos, momentos de enlevo, de ternura e encantamento.

Quanto ao teu poema...
*INDO EU POR AI'...*
é de uma beleza tão serena, com versos tão ternos... que ficam a nos mostrar a delicadeza que soubeste imprimir a um momento tão profundamente vivido, ou sonhado, ou idealizado... não importa! Importa sim a maestria e o cuidado que tiveste ao ‘criá-lo’.

Enfim, meu anjo, chego ao final de minha visita... e olha quem chegou aqui agora, pertinho de mim... acreditas que é o ‘anjinho das palavras’?
Acabei de pedir-lhe algumas para que pudesse realmente exprimir o que estou sentindo após tomar conhecimento de sua carinhosa homenagem... mas ele acaba de me dizer uma grande verdade, minha amiga querida! Disse-me ele que para agradecer momentos assim ainda não foi criada nenhuma palavra... e que muitas vezes a pessoa que homenageia nunca consegue avaliar o que ficou registrado no coração do homenageado... e que, de tudo, fica apenas o sentir...

Mas eu, amiga querida, posso agora te dar a dimensão do que estou sentindo... basta que tu rememores o que sentiu ao ver no meu espaço a homenagem que fiz a ti... multiplicar essa emoção pelo número de estrelas que existem no firmamento... e então terás numa escala aproximada da emoção que ficou em mim ao inteirar-me do que me dedicaste aqui.

Deixo-te hoje muitos carinhosos beijos, um jardim de flores mimosas, e uma infinidade de sorrisos... alguns dos que me foram suscitados aqui, na medida que ia tomando conhecimento de tua postagem.

Que Deus, minha doce amiga, continue a te guardar no Seu bondoso coração, cuidando para que preciosas bênçãos estejam sempre a iluminar os teus caminhos.

Com o amor do meu coração, Mily*

maat disse...

...há tantos séculos que por aqui não passava...
Minha querida amiga, tenho andado num oito deitado.
que saudades!
Não a esqueço, nunca. Grata sempre pela sua Amizade.

Nem sonha como me lembro de si e das suas palavras.
Deixo-lhe um apertado Abraço,

***maat

Peter disse...

Heloisa, as suas visitas são sempre um prazer para qq de nós três.
É tempo de praia, anda-se cá e lá.

A propósito de rosas e por um motivo muito especial, gosto das amarelas.

batista filho disse...

Heloisa, cheguei aqui através do sítio da Cris, já faz um tempinho. De lá pra cá quanta coisa boa pude perceber: versos a mancheias, benquerenças a nos inundar a alma.

Mily foi mais uma afortunada a te conhecer, amiga. A beleza interior das duas só poderia gerar uma cascata de palavras iluminadas.

Um beijo carinhoso, um não! - dois beijos carinhosos - para ti e para Mily.

Cris disse...

Sei agora da cor de todas as rosas que conheço. Vou saber das outras, mais logo, à tardinha da saudade que tenho de si, ou pela manhã da ternura que sinto quando a ouço.
Se na noite consegue ouvir o silêncio, não se iluda!
É o meu que lhe vem cantar serenatas ao luar do abraço que nos vamos dar quando a última folhinha por nós for rasgada, gentilmente, daquele nosso tão amigo calendário
É tão bom tudo que vejo!
Sei pouco, mas sabe a tanto, sempre que a olho, Maninha.
A Mily, a minha doce Calunguinha também tem a fortuna de a conhecer!
Eu? Tenho ainda tantas cores para conhecer, mas estas duas, as primeiras, dois azuis, eu guardo, porque não é a negra rosa a mais rara mas sim estas duas flores que apetece abraçar, uma Heloísa e uma Mily
Beijo, Maninha do meu coração.

Aziluthh disse...

Olá querida Heloísa que conversa com as palavras e com as rosas da amizade que lhe vão deixando por aqui. O tempo é o nosso inimigo maior, quando queremos olhar à nossa volta e relacionar-nos com os outros. Mas desta vez fui eu que lhe roubei os momentos de aqui estar, ler e cheirar todas as rosas, as homenagens, as manifestações de carinho que recebe quem muito dá. Querida Heloísa, obrigada pela sensibilidade com que nos lê e entende. A sua presença como leitora é sempre um momento especial. Grata. Beijinhos e bom Domingo!

LibeLua /Sara

Poemas de Trazer por Casa e Outras Estórias (deixo outra rota)

Isabel-F. disse...

....e como hoje é sexta-feira, venho desejar-te um belo fim de semana.

beijinho

Mily disse...

Minha doce amiga!

Passando apenas para mandar-te um beijo aconchegado nas asas de um lindo anjo que passou por aqui, saltitando entre as nuvens brancas e fofinhas que brincavam na imensidão azul.

A brisa que no momento passava, enciumada por eu não estar fazendo a remessa por ela (que sempre me faz essa gentileza), reclamou que também queria levar-te um beijo.

De repente, aparece na minha frente um lindo raio de luar, também reclamando tal incumbência.

Não tive como negar a nenhum dos três a ventura de estar contigo...

Por isso, amiga querida do meu coração, receberás daqui há pouco três mimosos beijos, levados por um anjo lindo, uma brisa formosa e um raio de luar de doce brilho.

Ao aconchegá-los no teu coração, receba também o reflexo das preces que faço ao nosso bom Pai, para que continue a te guardar na palma da Sua mão.

Uma semana iluminada de Paz, Esperança e Amor, é o que desejo a ti, amiga querida!

Zadig disse...

Fly me to the moon...
De preferência, com mil rosas.
Amitiés,
BetoQ.

bluegift disse...

Um beijo especial e o desejo de boas férias e... mais saúde :)

Mily disse...

As tardes de inverno são como um presente da natureza aos olhos que gostam de vasculhar a imensidão azul que forma o teto do Universo. No céu mais distante, lá quase na linha do horizonte, estão alguns fiapos de algodão a formarem imagens... posso ver ovelhas, coelhos, gatinhos, cachorinhos, estrelas? brancas, brancas, tão lindas! Fecho os olhos e quando os abro novamente percebo que os pequenos animaizinhos trocaram de lugar... uns são outros... e os outros são aqueles uns... brincam naturalmente de se metamorfosear. As duas estrelinhas brancas são agora raiozinhos que se estendem, se alongam, se retraem novamente, e olha só o que foram formar... uma garça... uma graça de garça que fica ali a voar... voar... dá-me até a impressão de que Deus está debruçado lá em cima sobre um tapete imenso... invisível aos nossos olhos... tocando os fiapos de nuvem com os dedos, enrolando-os, soprando, conduzindo... e fazendo ali no momento o que melhor lhe apetecer, o bichinho que melhor irá encantar o Seu olhar... Aqui mais perto estão alguns 'papagaios' empinados pelas mãos de meninos que ficam controlando fios e olhando admirados, quase em êxtase, a pequena figura que fizeram com as mãos mimosas, como se sonhos tecessem... e os soltam na imensidão... e gritam uns com os outros... cuidado! olha a linha do meu! chega mais pra lá! olha o fio, não deixa tocar! É como se estivessem treinando para no futuro conduzirem os próprios sonhos... querendo-os intocáveis, sem ninguém por perto a querer modificar-lhes o rumo... o céu está enfeitado e enfeita ao mesmo tempo... nesgas de algodão comandadas pelas mãos de Deus... pipas dirigidas pelas mãos dos meninos... Pai e filhos brincando na tarde azul de inverno, que se faz colorida de sonhos... que aquece os corações... que enternece o olhar!

Vim trazer para ti, amiga querida, pousada no meu olhar, essa tarde de inverno!

Toma! É tua! Guarde-a na tua alma como um presente do meu olhar enternecido de saudade para o teu olhar enriquecido de lembranças!

Os beijos que seguem não são apenas os que meu coração te envia... alguns sairam da boca mimosa de ternos anjos que estiveram comigo nesse momento de paz. Há também um, muito especial, soprado por aquele "meninão" lá de cima... que brincando, brincando, preparou essa tarde para eu te ofertar!

Unicus disse...

Minha amiga é sempre um prazer visitá-la. Temo que não o faça tantas vezes quantas as que gostaria, mas nesta altura estou completamente absorvido pelo trabalho.
Beijos e desejo sincero de gozo de boa saúde.

DE PROPOSITO disse...

Um passar por aqui, e um olhar para as rosas. Quedei-me um pouco, e, depois parti.
Fica bem.
Manuel

Isabel-F. disse...

...passei por aqui para te desejar um belo fim de semana
beijinhos

Paulo Osrevni disse...

Cheguei de passagem neste blog e achei adorável. A fotografia é um primor; a rosa é linda. Parabéns!