domingo, fevereiro 05, 2006

***PARABENS MARIA DO CEU COSTA***





Merecia muito mais de mim, do que esta simples prova de carinho!
Porem, nao me e' possivel!
Ficam os meus votos de FELICIDADES PARA HOJE E, SOBRETUDO, PARA O AMANHA*!_MUITOS AMANHAS LHE SORRIAM, NUM *CEU ESPELHADO DE AZUIS!

BEIJINHO DE PARABENS!
*********************
Deixo aqui, um de Seus BELOS POEMAS*
incluso no LIVRO *POISIS*, VOL XII
Da Editorial Minerva,
Coordenado por *ANGELO RODRIGUES*.
Contem 53 excelentes Autores*, dos quais destaco, a ANIVERSARIANTE*
e, minha muito Querida AMIGA*,
que me faz o favor de me distinguir com SUA AMIZADE*!
_Aqui fica, entao:

_POEMA de MARIA DO CEU COSTA_

***O CEU NAO E' AZUL***
***********************

Vives ausente, distante.
Distante,
Ausente,
No abraco que a luz do dia envolve nesse fulgor
O ceu nao e' azul, se nao estas presente.

******************************************
_TAO PEQUENO E...*TAO GRANDE*_!!!!!!

Minha Querida AMIGA*,
Quando eu estiver melhor,
Homenagea'_LA-ei, como merece e, como eu gosto!

Deixo-A com a companhia de GRANDE POETISA DE ONTEM, DE HOJE, e...sera' de SEMPRE!

***FLORBELA ESPANCA***
**********************

***SER POETA***
________________


Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

************************************
Quem me dera ter o suficiente talento,
para "dizer cantando a toda a gente"....
quao IMPORTANTE, e' para mim o SENTIMENTO MAIOR,
que da' pelo nome de ***AMIZADE***!!!!!
_*ELA*, Aqui fica para SI*: *MARIA DO CEU*_!

***************************************
Fica A AMIZADE*, tambem, para cada um dos MEUS AMIGO*, que me visitam e acarinham!
e, fica, tambem minha GRATIDAO, para ELES e... para os LEITORES*, que me distinguem com Sua Simpatia e, tambem carinho!

_Perdoem, a pobreza de meu verbo e, tambem a pouca assiduidade em qualquer UMA DE VOSSAS CASAS*!
_ATE' SEMPRE!
Heloisa.
**************

23 comentários:

António disse...

Não pude deixar de reler e de me deliciar com o conhecido e belíssimo soneto da Florbela que tiveste a feliz ideia de aqui postar.

Obrigado pela visita.
E garanto que o suspense vai continuar.

Beijinhos

maat disse...

parabéns ,heloisa, por ter escolhido poesia da Maria do Céu. Parabéns , Maria do Ciel.


Lindo!

Aproveito para dizer-lhe que o seu post já lá está. Com a grande Florbela na Alma.
Beijinhos,

*** maat

T. disse...

Bom mesmo ter encontrado aqui a poesia da Maria do Céu Costa. Florbela acompanha-me desde sempre. Creio mesmo que lhe devo o meu amor à poesia.
Grande abraço de boa noite.

Jorge Moreira disse...

Parabéns a ambas, à Heloisa e à Maria do Céu... Sabia que era Aquariana, mas não a data exacta.
Obrigado por este lindo momento.
Beijinhos,

Maria Costa disse...

Heloisa, peço desculpa por só hoje (dia 10 de Fevereiro) vir aqui e tamanha é a surpresa!
Obrigada pelo seu constante carinho, muito obrigada.
Muita saúde e paz para si.

Beijinho grande.

António disse...

Aqui estou eu de novo!
Mais um agradecimento pela enorme assiduidade com que me visitas e teces loas a um talento que acho não possuir.
Um jeitinho, isso sim!
Talento tinha o Eça que tratou o incesto de forma sublime n' "os Maias".
Volta sempre.
Saúde para ti, Heloísa.

Beijinhos

Carlos disse...

Deus
criou
a beleza,
e não
vestiu
as flores,
que o nu
não é
pecado.
Pecado
é esconder
o belo,
dos olhos
do ente
amado

Mily disse...

Olá minha querida Heloísa: vim agradecer tuas carinhosas visitas ao meu blog e as mensagens tão doces, tão lindas, tão comoventes, que sempre me envias e que me chegam envoltas em ondas de ternura... dessa que tão prodigamente deixas adornando as doces palavras que te saem do coração. É tão bom receber este carinho teu! É como uma bênção que nos chega trazida pelos delicados anjos que habitam tua alma. Obrigada por me agraciares com tua amizade. Estou de casa nova... quando puderes, gostaria de receber a graça de tua visita, pois tua presença muito me honra e gratifica. Deixo-te beijos encantados de amizade e admiração pela pessoa linda que tu és.

António disse...

Minha querida Heloísa!
Mais um obrigado e uma informação:
esta tarde já estive a escrever grande parte do último episódio.

Bom domingo

Beijinhos

Carlos disse...

Deixa!....

Deixa que faça das palavras beijos
E beijos de cada palavra que te escrevo.
Deixa que as letras se cruzem entre si
Formando idéias e lamentos.

Deixa que cada palavra seja um grito desesperado.
Deixa, as palavras serem mimos
Deixa que me encontre em ti
Quando já nada resta
A não ser a perdição.

Lê mesmo nas palavras que não digo
Naquelas que inventei
Nas outras que não invento, mas imagino.
Lê nos silêncios sem palavras
Mas lê em cada palavra um beijo.

Deixa que percorra o teu corpo de sabores e ânsias
Com lábios de palavras que são beijos.
Deixa que sejam os beijos a serem palavras que não preciso escrever
Mas beijos.

Deixa, que a languidez de todo o meu ser
Te toque
Percorrendo cabelos, pernas de lavas
Quentes
Pernas sem palavras e desejos
Sem palavras
Beijos.

Mergulho na tua doce boca, calando palavras
Buscando os beijos de letras
De poemas sem poeta
Espumas de mar, e palavras.

Deixa que sejam os beijos, as palavras.
E que as palavras sejam beijos.
Assim, posso tocar o teu corpo
Mergulhar nele
Com lavas ardentes de desejos
E palavras, que são, afinal beijos.

António disse...

Querida Heloísa:
Obrigado pela tua visita e comentários.
Era para fazer só mais um episódio.
Escrevi, reescrevi...
Acho que ainda vão faltar dois...eh eh

Mas fiquei preocupado quando me disseste que não estavas com capacidade para escrever.
Mas, uma mulher como tu só tem um destino:
sobreviver a tudo, tudo vencer.
Desejo-te mais saúde e muitas, mas muitas, felicidades.

Beijinhos

H. Sousa disse...

Heloísa, espero pacientemente teu contacto. hjesu@netcabo.pt
Beijos

batista filho disse...

Parabéns, às duas!!!

Peter disse...

Heloisa, gostei do poema. Será uma poetisa a explorar e que a minha ignorância poética desconhecia.

Bom fds

Maria Costa disse...

Amiga Heloisa, deixei algo para si lá no "a direcção do voo".

Beijinhos,
Maria do Céu

Anónimo disse...

Oi Helo...

tu e tuas belas homenagens... ser poeta é isso, ser sensível..
te beijo

António disse...

Obrigado pela visita ao post do Plim...
Mas tenho de lastimar que não estejas bem da tua saúde.
E neste momento, o que quero elevar acima de tudo o resto, é o meu desejo de que as tuas maleitas e padecimentos terminem depressa, e que possas trabalhar connonco com todo o teu fulgor.

Um beijinho muito grande para ti, Heloísa

António disse...

Só agora reparei que também tinhas comentado o último episódio da novela do Zé e o "The making of...".
Por isso peço desculpa.
Mas aqui está a rectificação.

Beijinhos

Daniela Mann disse...

Heloisa, este seu blog é diferente de todos os que tenho visto e de um bom gosto muito grande.
Teria muita honra em recebê-la no meu blog!
Um abraço e fique certa que voltarei!

Menina_marota disse...

"Vives ausente, distante.
Distante,
Ausente,
No abraco que a luz do dia envolve nesse fulgor
O ceu nao e' azul, se nao estas presente."

... uma pequena GRANDE maravilha!

Grata por esta partilha e Parabéns à aniversariante e a si, tb por tudo o que representa para nós.

Um abraço carinhoso ;)

Peter disse...

Heloisa, espero que vá passando melhor. Tem aqui no Peter's um belo poema duma autora que certamente não conhece.

Que tenha um bom dia

BlueShell disse...

Beijitos
BShell

Mily disse...

Amiga querida! Passando apenas para colher nos belos campos de tua terra, onde já se faz PRIMAVERA, um ramalhete de mimosas e perfumadas flores. Estou a adorná-las com laços rendados nessa brisa que ainda sopra manso nesse lado de cá, onde o OUTONO já se instalou. Elas levam todo o carinho, amizade e consideração, brotados no meu coração, para esse teu coração inundado de LUZ. Existe sempre dentro de mim um pensamento de ternura pela pessoa linda que tu és, amiga de minh'alma. Que as bênçãos preciosas do PAI possam chegar a ti, levando todo o amor que, tenho certeza, sai do Seu bondoso coração para o teu, numa forma única de dizer-te o quanto és uma filha preciosa para Ele. Milhares de beijos, meu anjo, que cruzando o oceano que nos separa, dirão do imenso afeto e consideração que tenho por ti.